Logomarca Elir Ferrari Instagram Blog Clique na imagem para ampliar
página pessoal de Elir Ferrari  
Dissertação

A representação dos atores sociais e a imagem da mulher no contexto do discurso feminista em contos de Marina Colasanti

Freitas, Elir Ferrari de. A Representação dos atores sociais e a imagem da mulher no contexto do discurso feminista em contos de Marina Colasanti. 2010. 78 f. Dissertação (mestrado em Letras) – Instituto de Letras, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, IRio de Janeiro, 2010.

Resumo: O livro Contos de amor rasgados, de Marina Colasanti, foi publicado em 1986, década de consolidação das conquistas do movimento feminista (Pinto, 2003). O feminismo almejava uma mudança de mentalidade, mudança nas práticas sociais e nos discursos sobre a mulher (ibid.). Entretanto, a mulher nos contos é representada de forma peculiar, frustrando as expectativas de uma imagem positiva esperada de uma literatura produzida por uma autora feminista. Este estudo propõe a análise dos contos de Marina Colasanti, destacando algumas questões acerca da representação dos atores sociais em textos-contos que pretendem veicular um discurso de liberação da mulher. Para tanto, dez contos representativos do todo foram selecionados para compor o corpus e utilizou-se o sistema sociossemântico para a representação dos atores sociais proposto por van Leeuwen (1997) e a Linguística Sistêmico Funcional de Halliday (2004) como ferramentas de análise. Nosso enfoque é o da Análise Crítica do Discurso de Fairclough (1995), que tem dedicado seus estudos às mudanças sociais através dos discursos. Consideramos que o movimento feminista se inscreve em algumas mudanças. Nessa perspectiva, Bourdieu (2005) afirma que, apesar do movimento feminista, muito pouco mudou, prevalecendo, ainda, a dominação masculina e a violência simbólica. As categorias de van Leeuwen (op. cit.) da exclusão e inclusão dos atores sociais no discurso servem de instrumental para uma análise mais detalhada das relações homem-mulher, permitindo desvelar algumas questões feministas tematizadas nos contos, questões descritas por Pinto (op. cit.) e apontadas por Bourdieu (op. cit.). Os resultados da análise dos contos demonstram que a mulher ora está totalmente excluída, ora é representada como um pano de fundo (encobrimento), ora é enfraquecida (apassivada) em favor de seu marido/amante. Assim, os conflitos gerados a partir das ações do homem sobre a mulher nos contos confirmam certas preocupações do discurso feminista.

Palavras-chave: Marina Colasanti. Discurso feminista. Análise Crícia do Discurso. Linguística Sistêmico-funcional. Representação dos atores sociais.

Esta dissertação está disponível também na Biblioteca de Teses e Dissertações (BDTD) da UERJ.

Textos utilizados na dissertação para análise:

Obs.: Os contos selecionados para nossa análise, foram retirados do livro Contos de Amor Rasgados, de Marina Colasanti, editora Rocco, edição de 1986. Como livros costumam sair de catálogo, os 10 contos foram digitalizados e armazenados em forma de backup em www.elirferrari.pro.br/me a fim de evitarmos o seu desaparecimento e facilitar sua localização. O uso desse armazenamento se dá para garantia de comprovação de sua existência e demonstração desta pesquisa, não sendo usado para quaisquer outros fins.

texto01porprecodeocasiao.pdf
texto02deaguanemtaodoce.pdf
texto03paraqueninguemaquisesse.pdf
texto04oleitedamulheramada.pdf
texto05nuncaconspurcandoafamilia.pdf
texto06semnovidadesdofront.pdf
texto07amordelongoalcance.pdf
texto08atequeapalavrafossepossivel.pdf
texto09enfimumindividuodeideiasabertas.pdf
texto10umtigredepapel.pdf


Ver a Tese.